Vida de oração: por onde começar?

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Salve, Maria, Salve!

Você ja ouviu a expressão “Quem não reza, não vai para o céu”? Pois bem, quero me utilizar dessa expressão (popular) como uma espécie de provocação à reflexão proposta.

“Quem reza se salva, quem não reza se condena.” (Santo Anfonso Maria de Ligório) 

Sou Myrian Paulo Hermes e vou refletir aspectos da vida de oração com vocês!

A Sabedoria é luminosa e nunca murcha. Facilmente é contemplada por aqueles que a amam, e é encontrada pelos que a procuraram. Ela até se antecipa, apressando-se a mostrar-se aos que a desejam. Quem por  ela madruga não se cansa, pois a encontrará sentada à porta. Meditar sobre ela é a perfeição do bom senso, e quem ficar acordado por causa dela em breve estará seguro. Pois ela mesma sai à procura dos que dela são dignos; cheia de bondade, mostra-se a eles nos caminhos e, em cada projeto, vai ao seu encontro. O princípio da Sabedoria é o mais sincero desejo da instrução; a preocupação pela instrução é o amor; o amor é a observância de suas leis; a observância de suas leis é a garantia de incorruptibilidade, e a incorruptibilidade faz estar junto de Deus. Assim, o desejo da Sabedoria conduz ao Reino.

(Livro da Sabedoria 6,12-20)

“Quem não reza, não vai para o céu!” 

Convido você a refletir um pouquinho comigo. Os mais antigos talvez digam que é uma chamada de atenção, os mais jovens diriam que faz parte de um passado e até ririam do pensamento, desqualificando sua mensagem. 

Ela diz: “Quem”, que significa uma pessoa, e neste caso, eu, você, todos nós. 

Ela diz: que se eu ou você, ou qualquer pessoa “não rezar”… agora abre a questão: O que é rezar?

Ela diz mais: não vai para o céu. E essa é uma outra questão…. bem importante… bem profunda… e muito, muito séria… ou não, depende de você!

Oração é um encontro. Um encontro que vai gerar um relacionamento entre duas pessoas. A sua presença e a presença de DEUS. O humano e o Divino.

Isso é muito importante, pois se a oração é um encontro entre duas pessoas significa dizer que ninguém reza sozinho.   

É fácil também “achar” que estamos rezando, que estamos falando com Deus. Mas, infelizmente, na maioria das vezes nem sequer O convidamos…. Ninguém se relaciona sozinho, mas às vezes penso que sim, penso que só nos relacionamos conosco mesmo e acabamos nos tornando deuses de nós mesmos – nosso querer, nossa vontade, nossa verdade, que seja feito como eu quero.  E eu penso que isso é muito perigoso…

Rezar não é mexer os lábios. E ninguém se relaciona quando não quer ouvir o outro. O próprio Senhor nos alertou em relação a isto:  

“Quando orardes, não useis de muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras.”(Mt 6,7)

Quando formos orar, precisamos querer nos encontrar com Deus. Precisamos saber que iremos nos encontrar com Ele. E isso não é qualquer coisa! 

No versículo 6 do mesmo evangelho acima Jesus nos diz:

“Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai que está no escondido. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa.”

Meu Deus, que Palavra!!! 

Vamos lá… Vida de oração, por onde começar?

Olha o trecho dessa música (depois você pode procurar para ouvir):

“Eu era pequeno, nem me lembro. Só lembro que a noite ao pé da cama. Juntava as mãozinhas e rezava apressado, mas rezava como alguém que ama.”

(trecho da música ‘Maria de Minha Infância de Pe. Zezinho)

Penso que a preparação para a oração é um bom início: no silêncio se colocar na presença de Deus e juntar as “mãozinhas”. Depois, deixar seu coração falar. Maria rezava no silêncio do seu coração.

WhatsApp Image 2020-06-23 at 22.45.49

Mas necessito aqui de outra reflexão: Quem é Deus para mim? Quem é Jesus Cristo para mim? E porque eu desejaria me relacionar com Ele? Porque hei de buscar seu auxílio, sua Sabedoria?  Essa é realmente uma questão muito profunda. 

“A minha alma tem sede de Deus”

(Salmo 42)

Quanto mais eu souber quem é o outro com quem me relaciono (e aqui cabe para qualquer pessoa), mais próximo, mais íntima será a nossa amizade, o nosso relacionamento. Com Deus também é assim.

São Francisco de Assis nos ensina algo precioso e de grande humildade. Ele ora profundamente aos pés do crucifixo: Quem sou eu e quem és Tu Senhor?

E eu convido você agora a fazer o mesmo no silêncio do teu coração: Quem sou eu e quem és Tu Senhor?

E num tom de provocar uma reflexão, eu confirmo: Sim, você saberá quem é você, quando ouvir as respostas do Senhor de quem Ele é.

À medida que for perguntando, de verdade, com o coração, você terá respostas. Talvez isso leve uma vida inteira. Amizades são assim… quanto mais nos relacionamos, mais vamos conhecendo o outro e entregando o nosso coração. “Conhecer de verdade a si mesmo não é outra coisa que ouvir de Deus o que Ele pensa de nós”.(Sto.Agostinho)

Descoberta em si essa humildade de se colocar diante de Deus –  sim, porque Ele é Deus e você não é – é um passo fundamental para iniciar uma vida de oração e uma nova vida.

Deus quer me ouvir. Deus quer te ouvir. Faça tua oração. Clame, suplique, louve o Senhor! Deus nos ama mais que tudo e se inclina para ouvir nossas súplicas. E depois O escute.

Neste relacionamento de intimidade descobrimos o Amor de um Pai. Descobrimos que podemos atravessar as maiores tribulações, sejam de que ordem for, mas o Amor e a presença do Pai nos fazem suportar tudo. É consolo. É cura. É libertação.  Parece loucura, não é? E é, a loucura da cruz! Um Amor imenso, um Amor absurdo, o Amor de um Pai que enviou seu Filho para dar a Vida por cada um de nós. Reflita isso, medite: um Deus que deu a vida para que eu, você, seus familiares, tenhamos vida.

Descoberta a Majestade de Deus, a grandeza do seu Amor, cada vez mais nós vamos  querer estar ao seu lado, porque? Porque somos inteligentes! É óbvio!  E isso não é imaginação é real! Porque reconhecemos nossa pequenez, nossa fragilidade, nossa poeira.

O Desígnio de Deus para conosco é que sejamos cada dia mais santos, aqui na terra como no céu, aqui na terra para o céu, nos preparando para vida eterna que Ele mesmo nos prometeu. É promessa de Deus. É Aliança. Essa é a salvação, e o Caminho é Ele. 

A vida de oração nos abre uma porta para um encontro com o sobrenatural, com o divino, com o eterno, aqui e agora, nos auxiliando nos nossos sonhos e projetos, no relacionamento com os outros, nossas familias, amigos, trabalhos.  A vida de oração nos abre a porta para escutar a voz de Deus e que toda e qualquer decisão que precisamos tomar seja a partir da Palavra de Deus.

O fruto da oração não pode ser medido somente  pelos consolos experimentados, e nem pelos pedidos satisfeitos, até porque não se faça a minha vontade, mas a do Senhor.   Qual então é a vontade de Deus para minha vida? 

“A vontade de Deus é que sejais santos!” (1Ts 4,3)

Quanto mais escutamos o Senhor, quanto mais oramos A Palavra de Deus –  A ‘Lectio Divina’ é um excelente  método para iniciar uma vida de oração  e vamos mergulhando nesse mistério de Amor, vamos percebendo que muitas  coisas que vivemos aqui neste mundo são pequenas e vazias. Que as satisfações do mundo não são reais e que podemos viver uma vida sem sentido. Que triste. De certa forma e malignamente o mundo foi se distanciando de Deus e buscou caminhos vários para suas ilusões. Pobres almas.

Por isso a expressão “quem não reza, não vai para o céu” é piada para muitos. Afinal que céu é esse? Se eu não sei o que é o céu, rezar para que? E quando se percebe que o caminho que leva ao céu é o caminho da cruz, muitos desistem.

Rezar não é para preencher o tempo ou cumprir uma lição. A oração não pode ser fuga, ela é dádiva! A oração é o alimento da fé.  É uma necessidade que parte de um desejo profundo do nosso coração por Deus, quando descobrimos de fato que só Deus tem todas as respostas para nossa vida e palavras de vida eterna!

“Os homem  abandonaram a mim, fonte de água viva, e para si preferiu cavar cisternas furadas”.

(Jeremias 2, 13)

“Se conhecesses o dom de Deus e quem é aquele que te diz: ‘Dá-me de beber’, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva”.

(Jo 4, 10)

A oração vem para preencher a brecha, para unir-me novamente Àquele que me criou.

Sem vida de oração eu não me encontro com o maior Amor que existe, Jesus Cristo.

Aprendamos a escutar a voz de Deus e assim podemos ter certeza de que seremos plenamente felizes e estaremos seguros debaixo da Sua Vontade. 

Se você não tem uma vida de oração, comece, e comece logo! É uma graça, um amor sobrenatural que vai mudar teu coração, um refrigério na tua alma.  Deixa o próprio Jesus orar em ti suscitando no teu coração o grito filial: Abba, que significa Paizinho.

Entra no teu quarto, dobre os joelhos e te apresenta humildemente diante de Deus.

Entra numa Igreja, dobre os joelhos e te apresenta humildemente, junto com teus irmãos, diante de Deus. Que coisa linda!

Não poderia terminar essa reflexão sem falar de Maria, mãe de Jesus e nossa mãe. Nossa Mãe. Temos Mãe! Modelo de oração.  Maria é nossa intercessora. Que presente Jesus nos deu!

Com todo amor do teu coração, chama por ela, convide a Mãe para rezar.

Essa é uma missão de nossa mãezinha: interceder por nós, nos ensinar a viver como Jesus viveu. E ela o fará com a maior alegria.

“Ensina teu povo a rezar, Maria Mãe de Jesus

Que um dia teu povo desperta e na certa vai ver a Luz

Que um dia teu povo se anima e caminha com teu Jesus” 

(Trecho da música ‘Ensina teu povo a rezar Pe. Zezinho)

 E ela, de fato, nos ensina. São  quase dois mil anos de aparições e mensagens de Nossa Senhora, em todos os tempos, para todos os povos, intercedendo e pedindo nossas orações. Quero lembrá-los que Nossa Senhora “não poupou” nem as crianças da oração.  E oração do Rosário, vejam só!!!

Pedia insistentemente para os pastorzinhos de Fátima, para Bernadete em Lourdes, as meninas em Garabandal na Espanha, e pede para você e sua família agora:  rezem, rezem, rezem todos os dias. Rezem para que os corações afastados de Deus se voltem ao Seu Divino Coração, pois Seu desejo é que todos um dia cheguem ao céu.

Pode ter certeza, que a tua decisão hoje em iniciar uma vida de oração é fruto da oração de tantas outras pessoas que nem te conhecem e oram por ti, inclusive eu.

WhatsApp Image 2020-06-23 at 22.43.56

Myrian Paulo Hermes

Orientadora do Grupo Monsenhor Bianchini do Movimento de Emaús, Floripa
Clique aqui, siga o Blog Reflexão Católica no Instagram e fique por dentro dos novos Posts!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s